Jolene, de Dolly Parton, foi escrita sobre uma ameaça ao seu casamento; relembre a história de novo cover de Beyoncé

A música “Jolene” voltou ao centro das atenções do mundo pop na expectativa para a versão de Beyoncé, que supostamente vem aí no álbum “Cowboy Carter”, dedicado à incursão da artista no universo da música country norte-americana.

Composta pela cantora e compositora Dolly Parton, um dos nomes mais reconhecidos do gênero, a faixa já ganhou inúmeras regravações, com versões de Miley Cyrus, Olivia Newton-John e The White Stripes ao longo dos anos. Até Lil Nas X já se arriscou em um cover durante participação em projeto de música ao vivo.

Conheça a história da música “Jolene”

Lançada originalmente em 1973, a música foi composta para o álbum homômino, o décimo terceiro da carreira de Parton.

De acordo com Dolly, a música foi inspirada no flerte de uma bancária de cabelos ruivos com o marido da cantora, Carl Dean, pouco depois do casamento do casal. Em entrevista anos depois, Dolly também teria indicado que o nome e as características físicas da protagonista da faixa foram inspirados por uma fã que a teria abordado durante um de seus shows para um autógrafo.

Veja também…

Parton também confessou que compôs “Jolene” no mesmo dia de outra música que ajudaria a firmar o seu nome (e o da popstar Whitney Houston) na história: “I Will Always Love You”, marcante pela regravação para a trilha sonora do filme “O Guarda-Costas”, de 1992.

Na composição, Dolly Parton narra seu pedido para Jolene, uma mulher muito bonita, para que não roube o seu amado. Os versos mais famosos imploram que “Jolene, não o leve só porque você pode”.

A trajetória da música foi de muito sucesso assim que foi lançada. “Jolene” se tornou o segundo single da cantora a atingir o topo da parada de música country norte-americana em fevereiro de 1974, e cruzou as fronteiras do gênero ao se destacar também nas paradas pop da época. Do outro lado do oceano, a música também conquistou o top 10 das paradas britânicas dois anos depois, em 1976; em 2014, quando Dolly Parton se apresentou no festival Glastonbury, “Jolene” voltou ao ranking no Reino Unido.

Ao longo dos anos, a música já recebeu diversas honrarias, inclusive sendo eleita uma das 500 melhores canções de todos os tempos, de acordo com a publicação Rolling Stone, em 2004.

No Grammy Awards, conquistou indicações em dois anos consecutivos, pela gravação original e pela versão de especial de televisão de Dolly Parton. Um cover do grupo Pentatonix recebeu o Grammy de “Melhor Performance Country de um Duo ou Grupo” em 2017.

Resta agora acompanhar como a versão de Beyoncé, se é que ela vem mesmo, deverá dar sequência ao legado respeitável dessa faixa inesquecível do country! “Cowboy Carter”, novo álbum da artista, será lançado nesta sexta-feira (29/03).

Nesta quarta, Beyoncé liberou em seu perfil no Instagram a lista de músicas completa de “Cowboy Carter”, com o título de “Jolene” entre as novidades. Outro título que chamou a atenção foi “Blackbiird”, apontada como possível cover dos Beatles.

Veja também…

E mais…

Deixe um comentário