Como Natasha Bedingfield escreveu Unwritten inspirada pelos Beatles e por uma carta de aniversário

Você já deve ter ouvido esse hit pop dos anos 2000 em alguma de suas diferentes iterações. Pode ter sido conforme ele atingiu o top 10 norte-americano no ano de seu lançamento, em 2004. Pode ter sido na abertura da série que antecedeu o boom em acompanhar pessoas medianas através de um meio digital, “The Hills”, lançada em 2006. Ou, mais recentemente, no filme “Todos Menos Você”, comédia romântica estrelada por Sydney Sweeney e Glenn Powell, lançada em 2023, que impulsionou o sucesso viral da faixa no TikTok.

Independente da origem, é difícil não se tocar pela mensagem inspiracional de “Unwritten”, single da cantora e compositora Natasha Bedingfield, que emociona pela narrativa motivacional, pela melodia chiclete e pela eficácia dos vocais tipo coral que finalizam a gravação.

Em entrevista ao site “The Guardian“, a artista detalha curiosidades de sua criação, enquanto firmava a carreira própria também impulsionada pelo sucesso do irmão, o cantor Daniel Bedingfield. “Unwritten”, em um plot twist, foi escrita na verdade como uma carta ao irmão mais novo dos artistas, que completaria 14 anos enquanto ela estava longe, em Los Angeles, dedicada a desenvolver os primeiros acordes de sua própria trilha musical.

“Aos 14 anos, você está desesperado para ser levado a série, mas, ao mesmo empo, todos estão lhe questionando sobre o que você vai fazer. Há essa enorme pressão para que você mapeia seu futuro. ‘Unwritten’ começou como um poema”, revela, antes de detalhar os passos seguintes: a união com Danielle Brisebois, compositora e parte da banda New Radicals, para estender a ideia de que toda criança é uma página em branco onde podem escrever o seu próprio futuro.

@vivienmacedo

Wo die Lüge hinfällt muss man anschauen!! 🥹 #anyonebutyou #fyp

♬ Unwritten – Natasha Bedingfield
História e significado da música Unwritten, de Natasha Bedingfield

A gravação da música foi feita em Venice Beach, reduto famoso na Califórnia por concentrar artistas e uma comunidade criativa vigorosa. Mas houve outro ponto de inspiração para desenvolver parte da musicalidade da composição: a “fase indiana” dos Beatles, período em que, por conta da viagem dos integrantes da famosa banda de rock à Índia, as sonoridades e pontos de encontro com a cultura local foram incorporados em suas composições.

“Para os versos, eu trabalhei com essa fase indiana dos Beatles em mente“, confessa. Para outra porção, a ideia original era contar com um coral de verdade para amplificar os sentimentos da música, mas Natasha e seu time acabaram optando por sobrepor seus vocais com o de uma amiga e o de sua outra irmã, Nikola.

Em 2024, na entrevista à publicação, Natasha também revela surpresa no fenômeno recente no qual a faixa se transformou. “Eu nunca esperei que ela voltaria ao top 20 das paradas no ano em que completa 20 anos”, comenta sobre a ressurreição do hit, “mas é uma música muito positiva, então talvez seja difícil de se enjoar dela”.

Veja também…

Filme "Todos Menos Você", que impulsionou o sucesso renovado da música "Unwritten"
Filme “Todos Menos Você”, que impulsionou o sucesso renovado da música “Unwritten”

Vale lembrar ainda que Natasha tem outro hit pop que foi impulsionado por um filme, em 2010: “Pocket Full of Sunshine”, que estende a good vibe de “Unwritten” e foi imortalizado no cinema em “Easy A”, com direito a dancinhas de Emma Stone para suas batidas; relembre aqui.

Depois de conhecer um pouco mais desse já clássico da discografia pop dos últimos anos, vale um novo play abaixo!

Veja também…

Deixe um comentário