Oscar 2024 estreia sistema de cotas para maximizar a diversidade em seus filmes indicados; entenda

A cerimônia do Oscar 2024 acontece na noite deste domingo (10/03) e traz uma novidade extra, além dos prêmios nas diferentes categorias para talentos e profissionais da indústria do cinema norte-americana.

Um sistema de cotas, lançado em 2020, entrou em vigor neste ano para tentar amplificar a diversidade por toda a cadeia de produção de Hollywood.

As novas regras colocadas em prática a partir deste ano pedem que, entre o requisito das produções que concorrem aos prêmios, esteja uma cota mínima de representantes de diferentes grupos minoritários por seu elenco, equipe e/ou cargos administrativos. O movimento encabeçado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas veio a partir das críticas recorrentes em relação à diversidade de membros votantes da Academia e de seu reflexo entre talentos e produções indicadas e vencedoras do prêmio.

Para atender ao requisito, as produções devem abraçar a diversidade em pelo menos duas das quatro categorias de representação: na tela, entre o elenco, no estúdio, entre a equipe e em atividades relacionadas ao desenvolvimento e lançamento dos títulos.

Veja também…

No elenco, por exemplo, a exigência a ser cumprida para que seja considerado como um dos critérios válidos é que haja um ator de destaque de grupos raciais ou étnicos sub-representados ou que 30% de seu elenco secundário seja destinado a grupos minoritários, ou então que a representatividade esteja alocada diretamente na trama do filme.

O mesmo raciocínio é traduzido para a divisão entre membros da equipe, para que seja considerado outro critério cumprido. Nas outras duas frentes, a Academia propõe estágios e treinamentos para profissionais sub-representados e diversidade nos times de marketing e distribuição.

Mais Oscar…

Deixe um comentário