Antes de começar o jejum intermitente, atente-se para estes riscos à saúde

O jejum intermitente tem sido uma prática mais recorrente nos últimos anos de quem busca seus benefícios ao corpo e à saúde. Resumidamente, trata-se de adequar a alimentação de modo que o corpo passe por períodos mais prolongados sem alimentos, como 15 ou 18 horas, de acordo com quem o pratica.

De acordo com pesquisas iniciais, o novo cronograma pode acarretar em benefícios sobre o metabolismo quando praticado com segurança e sob orientação especializada.

A mudança na rotina de alimentação, como todas as escolhas relacionadas à saúde, deve ser adotada com acompanhamento médico para evitar danos ao corpo ou para que ela não seja adotada por pessoas que podem sofrer riscos adicionais por conta de comorbidades ou condições que são desfavoráveis ao jejum intermitente.

Assim, antes de embarcar no protocolo de jejum intermitente para emagrecer ou para buscar uma vida mais saudável, é fundamental entender os riscos e alertas associados a essa prática.

Na sequência, confira questões comumente apontadas como pontos de alerta para qualquer regime que envolva o jejum.

Riscos do jejum intermitente para a saúde

Impacto nutricional

O jejum intermitente pode levar a deficiências nutricionais se não for planejado adequadamente. A restrição prolongada de alimentos pode resultar em ingestão insuficiente de vitaminas, minerais e outros nutrientes essenciais, levando a problemas de saúde a longo prazo.

Atenção a transtornos alimentares

Para algumas pessoas, o jejum intermitente pode desencadear comportamentos alimentares prejudiciais, como compulsão alimentar ou restrição extrema, que podem evoluir para transtornos alimentares mais graves, como anorexia nervosa ou bulimia.

Atenção à hidratação

Durante o jejum, é possível que a ingestão de líquidos acabe reduzida, o que pode levar à desidratação, especialmente em climas quentes ou durante atividades físicas intensas. A desidratação pode causar uma série de problemas de saúde, incluindo fadiga, tonturas e disfunção renal.

Riscos do jejum intermitente

Risco de hipoglicemia

A prática de jejum prolongada pode diminuir os níveis de glicose no sangue, levando à hipoglicemia. Isso pode resultar em sintomas como fraqueza, tontura, sudorese excessiva e, em casos graves, desmaios.

Pessoas com diabetes ou predisposição a problemas de glicemia devem ter especial cautela ao considerar o jejum intermitente.

Desempenha de atividades físicas

Jejum prolongado pode prejudicar o desempenho durante atividades físicas, devido à falta de energia disponível. Isso pode resultar em menor desempenho atlético e recuperação muscular comprometida.

É importante considerar a rotina de exercícios e trenos na hora de programar a adoção do jejum intermitente, e profissionais especializados podem indicar a melhor maneira de conciliar os dois momentos da rotina.

Impacto na saúde mental

Jejum prolongado pode afetar o humor, a concentração e a função cognitiva. Para indivíduos suscetíveis a distúrbios de humor, como ansiedade ou depressão, o jejum intermitente pode exacerbar esses problemas e levar a um impacto significativo na qualidade de vida.

Impacto na saúde cardiovascular

Atente ao acompanhamento de níveis de colesterol e triglicerídeos durante a prática do jejum intermitente para garantir que você não seja afetado(a) negativamente por sua agenda restritiva de alimentação.

Veja também…

Riscos do jejum intermitente
Riscos do jejum intermitente

Como toda escolha de saúde, o jejum intermitente e a alimentação restritiva de acordo com as horas podem oferecer benefícios potenciais para a saúde quando feito sob supervisão médica e com cuidados adequados. No entanto, é essencial reconhecer os riscos associados e buscar orientação profissional antes de iniciar qualquer protocolo de jejum.

A decisão de adotar o jejum intermitente deve ser tomada com cautela e com plena consciência dos possíveis impactos na saúde física e mental. Lembre-se sempre: a segurança e o bem-estar devem ser prioridade máxima.

Veja também…

Deixe um comentário