Zendaya é a musa “neo-neoclássica” que 2020 precisa

Não é porque uma premiação é de liga inferior que suas estrelas não precisam nos impactar com “l-o-o-k-s”, certo? Zendaya fez exatamente isso ao chegar no Critics’ Choice Awards 2020 na noite de domingo (12/01) com look eletrizante, bravamente feminino e de assinatura fashionista do tipo que a gente gosta.

Zendaya, de Tom Ford, no Critics Choice Awards 2020
Zendaya, de Tom Ford, no Critics Choice Awards 2020

A estrela atualizou as definições de “estilo neoclássico” ao encarnar uma musa grega versão hot pink com top tipo escultura e saia soltinha, das mais confortáveis, no mesmo tom. O look veio da entrada do desfile de verão 2020 de Tom Ford, apresentado em setembro passado.

No corpo de artista tão motivada, a produção levanta instantaneamente mensagem vigorosa sobre uma certa atualização de padrões de beleza ainda urgente na moda – e que a gente espera ver mais e mais ao longo do ano. Para reforçar o embasamento, vale ler também a história deste tipo de peça – da Grécia ao Yves Saint Laurent – na retrospectiva imediata da Vogue britânica >>>

Zendaya, de Tom Ford, no Critics Choice Awards 2020

Deixe um comentário