15 curiosidades sobre Bruno Mars que você não sabia, incluindo seu nome (que não é Bruno!)

Bruno Mars é assunto quente com a série impressionante de 14 shows que comanda no Brasil entre outubro e novembro deste ano. Depois de uma passagem inesquecível pelo The Town, onde garantiu duas noites no palco do evento e ainda se confessou mais brasileiro do que nunca, o cantor retorna ao País com a turnê “Live in Brazil”, que passará por cinco estados entre os dias 04 de outubro e 05 de novembro.

E ele tem demanda! A maior parte das datas já tem ingressos esgotados; a venda para o público geral de datas extras, anunciadas após a primeira leva de shows, acontece a partir desta quarta-feira (22/05) através do site Ticketmaster.

Bruno Mars e sua banda preparam apresentações nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Brasília e Belo Horizonte na nova viagem. Sucesso em sua residência em Las Vegas, o astro deve trazer a estrutura de suas performances por lá, no Park MGM, lançada originalmente em 2016 e renovada ao longo dos anos; ele segue com nova série de datas em Las Vegas em junho e agosto, antes de embarcar para o Brasil.

Na esteira das apresentações e dos hits cativantes de Bruno Mars, reunimos 15 curiosidades que só quem se declara fã raiz do artista pode saber!

Pra começar, uma das mais surpreendentes sempre que é revelada: você sabia que o nome de Bruno Mars não é Bruno? Isso mesmo, confira o nome de registro do cantor e mais fatos reveladores na lista!

1 – O nome de registro de Bruno Mars não conta com nenhum dos dois escolhidos para a carreira artística. Nos documentos, ele se chama Peter Gene Bayot Hernandez.

2 – A alcunha artística foi escolhida em homenagem no lutador Bruno Samartino. Já Mars veio da expressão, como ele conta, de que as garotas o consideravam “de outro planeta”!

3 – Nem Peter, nem Bruno: seu apelido na infância era Little Elvis. Alguém acerta o motivo?

4 – A música vem de família, já que seus pais se conheceram em um show musical; a mãe atava como cantora e dançarina, e seu pai, percussionista.

5 – Sua família chegou a ter uma banda, onde o pequeno Bruno, aos quatro anos, se apresentava.

6 – Fã de tatuagens, Bruno tem entre suas artes corporais imagens de cigana, âncora, o nome de sua mãe e a expressão “Pete’s boy”.

7 – Sua cor favorita é bordô, como dá pra adivinhar muito pelos looks que usa.

8 – Uma de suas faixas autorais prediletas é “Count on Me”, presente no álbum Doo-Wops & Hooligans (2011), seu trabalho de estreia.

9 – Como todo artista que se preze, seus fãs são reconhecidos com o apelido de Hooligans, a partir do título de seu primeiro álbum.

10 – No colégio, Bruno também teve uma banda, chamada “The School Boys”, com seus amigos da época.

11 – Galanteador, ainda aos 15 anos, Bruno se declarou a uma professora com uma carta e um presente especial: um anel de sua mãe, que o pequeno roubou para entregar à crush. Ambos foram devolvidos pela professora assim que vieram à tona.

12 – A primeira música que Bruno Mars compôs se chama “Sugar Mama”; como todo talento iniciante, o próprio já confessou que era horrível!

13 – Seu primeiro cachorro se chama Geronimo, adquirido em 2012.

14 – Um de seus programas de televisão favorito é a animação “Family Guy”.

15 – Ele já encarou uma noite como DJ quando esteve apertado financeiramente. Sem saber atuar como DJ, a carreira terminou na primeira noite.

Relembre os melhores momentos da passagem de Bruno Mars pelo The Town, em setembro de 2023, em São Paulo…

Veja também…

Deixe um comentário