Tom Ford, verão 2019: dos 1990, apenas o melhor

Garotas e garotos de Tom Ford, como prometido nos teasers, abriram oficialmente a agenda da semana de moda de Nova York nesta quarta-feira (05.09) ao cruzarem a passarela armada no Park Avenue Armory. Estrelas encheram a fila A, mas a protagonista real da noite foi direto ao ponto: uma coleção concisa e focada, perfeita para limpar o paladar antes do que vem pela frente ao longo de toda a temporada.

À medida do estilista, claro. Entradas monocromáticas ganharam merecidas doses de sensualidade através de modelagem próxima ao corpo (mas não justérrima), embate de couros (riquíssimos) com seda, cetim ou rendas delicadas levadas à barras ou tops lingerie sob alfaiataria. Essas últimas, aliadas à trilha e aos lenços na cabeça, imprimiram clima de verão à italiana.

VEJA TAMBÉM
Quero comprar: vestido preto >>>
Semana de moda de Nova York, verão 2019: o line up! >>>

https://www.instagram.com/p/BnXXd4eluIk/?taken-by=fashiontomax

Antes que os longos encerrassem o show (e uma onça deslocada, ainda que de impacto), a ideia da roupa de traços minimalistas, seja no design das peças únicas ou na uniformidade do styling, que favorece quem as veste sem disputar protagonismo ficou como a ideia mais sedutora. Pena que escolhas como o bloco de alfaiataria assimétrica ou os comprimentos nem curtos nem mídi roubaram o foco da mensagem que Ford saberia transmitir como poucos, vide seu histórico na Gucci ressuscitado frequentemente pelos anti-rococó da vez e também divertidamente representado aqui pela regata branca que ganhou a passarela, entre outros revivals).

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Linhas clássicas e respeito aos tecidos evocaram ainda outra boa referência de moda que faz bem ao estilista: o legado de Azzedine Alaïa costurado pela construção habilidosa, enganosamente simples e à prova de ondas de tendência.

Uma ressalva final: a distância entre a forças das roupas para mulheres de Tom Ford e o casting de meninas ficou como desconcertante. Mira-se sempre na juventude, a moda não consegue se desapegar desta ideia, mas às vezes Kaia nenhuma dá conta. Imagine a mesma coleção das fotos em um casting mais elaborado ou de nomes veteranos das passarelas? Aí daria começar com ânimo extra o mês de moda!

Fotos: Vogue Runway.

Deixe um comentário