Oscar 2008: A premiação

Oscar 2008

Oscar 2008 - Premiação e vencedores

Depois do medo da chuva no tapete vermelho, a cerimônia do Oscar veio comemorando sua 80º edição!

O apresentador esse ano foi novamente o John Stewart e tudo correu conforme o planejado, com exceção claro, dos dois prêmios mais legais da noite, que contrariaram as apostas: Tilda Swinton levou Melhor Atriz Coadjuvante por Conduta de Risco, desbancando a favorita Cate Blanchett e em Melhor Atriz, a super emocionada Marion Cotillard levou o prêmio por Piaf – Um Hino ao Amor no discurso mais supreso da noite! A favorita na categoria era Julie Christie, que levou o Globo de Ouro e o SAG por sua atuação do filme Longe Dela.

No palco, foi engraçado o momento geek de John Stewart, jogando Wii no telão principal na volta de um comercial! Triste foi o In Memoriam desta edição, com imagens de Atonioni, Bergman e Heath Ledger entre os homenageados.

Nas categorias principais, o Melhor Filme foi para Onde os Fracos Não Têm Vez, dos irmãos Coen, que levaram também o prêmio de Melhor Diretor. Nos atores, confirmando as premiações anteriores, Daniel Day-Lewis levou Melhor Ator por Sangue Negro e Javier Bardem levou coadjuvante pelo filme dos irmão Coen.

Os prêmios técnicos foram dominados por O Ultimato Bourne, que levou estatuetas por Montagem, Edição de Som, Mixagem de Som. Em Direção de Fotografia, o prêmio foi para Sangue Negro, e A Bússola de Ouro levou na categoria de efeitos visuais.

Em figurino, o prêmio foi para Elizabeth: A Era de Ouro, desbancando o favorito Atonement e no prêmio de Maquiagem, a incrível transformação deMarion Cotillard em Edith Piaf foi premiada.

Emocionante também a homenagem ao diretor de arte Robert Boyle, de 98 anos, responsável por sets e visuais inesquecíveis de filmes como Os Pássaros, Intriga Internacional, Cabo do Medo, Marnie, entre outros.

Confira a lista completa dos vencedores na continuação do post!

Melhor Filme: Onde os Fracos Não Têm Vez

Melhor Diretor: Joel e Ethan Coen, Onde os Fracos Não Têm Vez

Melhor Filme Estrangeiro: The Counterfeiters
Melhor Filme de Animação: Ratatouille
Melhor Documentário: Taxi to the Dark Side, de Michael Moore

Melhor Ator: Daniel Day-Lewis, Sangue Negro
Melhor Atriz: Marion Cotillard, Piaf: Um Hino ao Amor

Melhor Ator Coadjuvante: Javier Bardem, Onde os Fracos Não Têm Vez
Melhor Atriz Coadjuvante: Tilda Swinton, Conduta de Risco

Melhor Roteiro Original: Diablo Cody, Juno
Melhor Roteiro Adaptado: Joen e Ethan Coen, Onde os Fracos Não Têm Vez

Melhor Direção de Fotografia: Sangue Negro
Melhor Montagem: O Ultimato Bourne

Melhor Figurino: Elizabeth: A Era de Ouro
Melhor Maquiagem: Piaf: Um Hino ao Amor
Melhor Direção de Arte: Sweeney Todd

Melhor Edição de Som: O Ultimato Bourne
Melhor Mixagem de Som: O Ultimato Bourne

Melhor Efeitos Visuais: A Bússola de Ouro

Melhor Documentário Curta-Metragem: Freeheld
Melhor Curta-Metragem: Le Mozart des Pickpockets
Melhor Animação Curta-Metragem: Peter & The Wolf

Melhor Canção Original: Falling Slowly
Melhor Trilha Sonora: Desejo e Reparação

Oscar Honorário: Robert F. Doyle, diretor de arte.

Deixe um comentário