Os desafios trabalhistas da democratização do consumo de moda

Expandir o espectro dos consumidores de moda não deveria estar diretamente ligado à violação de leis trabalhistas ou direitos humanos. No relatório Monitor: Fast fashion e os direitos do trabalhador, um raio-X essencial do formato que impulsiona a indústria têxtil brasileira, quarta maior do mundo, a altos custos sociais.
// via Repórter Brasil

fast-fashion-direitos-trabalhistas1

 

Guga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

   
%d blogueiros gostam disto: