Lembra da Michelle Williams? Não a atriz!

Houve uma época, que hoje em dia parece algo como 100 anos atrás, em que a girlband Destiny’s Child soltava hit atrás de hit, né? Como esquecer títulos tão marcantes como Bills Bills Bills, Say My Name, No No No, Bug a Boo, Jumpin’ Jumpin’ , as baladinhas emocionadas Emotion, Cater 2 U. depois as mais recentes como Survivor, onde o tema era a vingança contra as ex-parceiras de grupo, ou o pique de Bootylicious, tudo sempre repleto de harmonias, levadas dançantes-urbanas e vocais melismáticos (só) da Beyoncé.

Ah, velhos tempos.

Bom, a última formação do grupo teve a Beyoncé, sempre líder absoluta e filha do empresário, a meio-prima Kelly Rowland, que até tinha direito a algumas linhas solo nas faixas e a Michelle Williams, tadinha, sempre meio desengonçada, ficava só com os vocais pré-gravados do refrão. Quando o grupo se separou oficialmente, em 2005, cada uma seguiu seu caminho: Beyoncé teve Crazy In Love e depois nunca mais parou, a Kelly Rowland teve dois álbuns solos, daqueles que só fazem sucesso na Europa e a Michelle, ah Michelle, lançou dois álbuns de levada gospel e teve destaque em atuações na Broadway, ou seja, nunca mais se viu.

Porém, eis que ela quer ter também sua parcela de sucesso pop a que tem direito e resolveu assinar com o selo do pai de Beyoncé para lançar em Agosto seu terceiro álbum, Unexpected (pegou?). Diz que ela vem mais dançante, em um trabalho mais R&B-popozuda, e já tá dada a dica pela foto das gravações de seu primeiro single, We Break The Dawn, olha aqui:

Michelle Williams - We Break The Dawn

A faixa, escrita também pela irmã de Beyoncé, Solange (que também vai lançar um álbum, mas esse é outro assunto) vem apostando na levada dance-R&B-timbaland, escuta neste link do You Tube. Bem mediana, né?

Só que o mais interessante é, já que ela ia entrar no trem do pseudo-timbaland, eu teria uma sugestão muito melhor. Vamos ouvir Surveillance, faixa de uma cantora americana chamada Wynter Gordon que tem rodado bem “por aí”.

Ufa, bem melhor, não é? Li uma vez no Popjustice que essa faixa consegue ser o cruzamento de Umbrella, The Way I Are e Maneater, uma receita que não tem como falhar não é mesmo?

Do mesmo jeito que os vestidos abaixo, essas duas faixas são bem parecidas mas vocês não acham também que os efeitos são quase opostos? A faixa de Michelle só me diz o quanto ela ainda não tá pronta pra sair do casulo, enquanto Wynter demorou pra aparecer e convence muito mais no clima da música! Ela tem algumas faixas gravadas pela Mary J. Blige e pela girlband Danity Kane, mas sem esperanças de álbum inteiro por enquanto.

Outra coisa, qual a próxima corrente-pop hein? Por que eu já achei que a Madonna chegou atrasada no trem do Timbaland, mas ainda tudo que sai tem a ver com os hits dele!

Um último detalhe, diz que Michelle Williams também vai ter uma música na trilha do filme Sex and the City, a faixa chama Til The End of the World e você pode ouvi-la neste link.

1 comentário em “Lembra da Michelle Williams? Não a atriz!”

Deixe um comentário