Folasade Adeoso, de Maison Château Rouge

Uma marca que transforma em roupas a energia criativa e a herança cultural do bairro que a recebe. Assim se define a Maison Château Rouge, dedicada a reinterpretar a cultura de países africanos, tão presente no 18eme de Paris, em peças modernas. A label  fundada pelos irmãos Fofana, Youssouf e Mamadou é braço de moda do projeto Les Oiseaux Migrateurs (“as aves migratórias”, em português), voltado ao desenvolvimento responsável e cooperativo do continente (versus a tradição de exploração nociva de seus recursos que marca sua história).

Novos ares, pede o projeto, em sintonia com a escultura que aparece ao fundo da foto de Folasade Adeoso no topo da galeria de arte universitária mais antiga do Ocidente, a da Universidade de Yale, em New Heaven. Nas mãos de Aristide Maillol, a obra L’Air, esculpida em bronze, tem efeito de suspensão no ar, como brincou a artista digital a bordo de peça da marca acima.

Tem coisa mais legal que navegar entre tantos links na foto de um look só? Encontre o macacão Aviator no e-shop da grife >>>

Folasade Adeoso, de Maison Château Rouge
Folasade Adeoso, de Maison Château Rouge

Deixe um comentário