Beleza-protesto na passarela de verão 2016 da Red Label de Vivienne Westwood

vivienne-westwood-red-label-verao-2016-lfw-beleza-1

Como de costume, Vivienne Westwood foi além da apresentação de suas coleções e buscou uma maneira de trazer à tona assuntos polêmicos de fora da passarela; o meio ambiente é uma de suas preocupações mais importantes. Antes do desfile mais recente em Londres de sua Red Label no último 20.09, a estilista e equipe invadiram as ruas com placas contra a retirada de gás natural da crosta terrestre, prejudicial principalmente pela quantidade absurda de água envolvida no processo — ela chegou a dirigir um tanque de guerra alegórico até o endereço do primeiro-ministro David Cameron.

O barulho foi levado também para a sala de desfile, de forma literal (o show virou manifestação) e na tradução do espírito revolucionário nas roupas e na beleza entre cartazes com dizeres sobre sua Climate Revolution. Os closes de rosto do casting provocaram reação imediata nas redes sociais, aquele tom de polêmica de quem vê foto, mas não lê legenda. A pele era crua com brilho natural; os olhos ganharam sombra preta em pasta aplicada de forma despretensiosa, sem uniformidade entre as modelos. O tom era de máscara de tinta de guerra. Cabelos úmidos, sem penteados harmoniosos completavam o look. Não para copiar, mas para te fazer estudar em casa.

vivienne-westwood-red-label-verao-2016-lfw-beleza-2

Deixe um comentário