Fechar (X)

12 casacos (em três ideias) das passarelas nacionais de inverno 2015

Siga no
casacos-inverno-2015-nacional-juliana-jabour-ellus-pedro-lourenco-alexandre-herchcovitch
Look total dos desfiles de Juliana Jabour, Ellus, Pedro Lourenço e Alexandre Herchcovitch

Está planejando uma renovada de closet agora que as temperaturas começam a cair de verdade? Ofereço uma ajuda. Aqui ou lá fora, os casacos ganharam holofotes de protagonista, seja em carreira solo ou como começo (e não complemento final) de um look; basta uma passeada pelos cliques de desfiles para confirmar. Ainda assim, casaco no inverno não soa como uma novidade de fato (#risos), mas ir atrás das ideias atuais ajuda a pensar em alternativas de materiais, de acabamentos ou na maneira de usá-los. De olho nas passarelas nacionais de inverno 2015, tiro três sugestões de estilo ilustradas por 12 peças para inspirar os looks (ou as compras!):

1. Look de uma peça só

A ideia de jogar um casaquinho por cima da roupa pra esquentar não vale aqui. Juliana Jabour, Ellus, Pedro Lourenço e Alexandre Herchcovitch mostram, das jaquetas mais compridas à versão mais preciosa, que dá para investir em uma peça só para sair de casa — já pensou em trocar o vestido de festa pelo item?

casacos-inverno-2015-nacional-teca-fernanda-yamamoto-lucas-magalhaes-reinaldo-lourenco
Mais é mais: Têca, Fernanda Yamamoto, Lucas Magalhães e Reinaldo Lourenço

2. Mais roupa, mais informação

A peça que segura o calor leva também uma estampa, uma cor ou uma informação extra de estilo. Neste caminho, básicos não entram. Para a turma do “mais é mais”, tem prints como os de Reinaldo Lourenço ou Lucas Magalhães, jogo de texturas em tons de mesma escala (Fernanda Yamamoto) ou a capa enriquecida por aplicações douradas da Têca.

3. Proteção deluxe

E se você deixar o que está por baixo com cara de básico e enriquecer (mesmo) o look com um casacão poderoso (pensa na Kate Moss!)? Dá pra escolher o tom que preferir: da elegância mais clássica que vem do modelo de lã da Animale ou do tweed da Cavalera aos de potência fashionista elevada como na Lilly Sarti, com a mistura couro e pele, e no Vitorino Campos, com casaco-robe tipo esporte, tipo japonista; este último, um dos mais legais da temporada nacional de desfiles.

casacos-inverno-2015-nacional-animale-cavalera-lilly-sarti-vitorino-campos
Chiqueria: Animale, Cavalera, Lilly Sarti e Vitorino Campos (o favorito!)

1 comentário em “12 casacos (em três ideias) das passarelas nacionais de inverno 2015”

Deixe um comentário