NYFW: O inverno 2016 da Chromat é dinâmico e luminescente

21-01-20160212_chromat_fw16-184

A pele era tipo perfeita com glow acetinado supersaudável, pronta para ganhar traços coloridos que dialogavam com o movimento e a luminescência das roupas do desfile da Chromat. A etiqueta é focada em construções 3D tecnológicas na passarela, mas traduz os estudos sobre artefactos para o corpo humano em lingeries, activewear e moda praia de pegada futurista, sexy e poderosa. Além disso, reúne uma turma supereclética para o desfile, tanto na passarela, com casting composto por modelos de corpos e origens variadas, quanto na lista de convidados.

Na beleza, Fatima Thomas, beauty-artist responsável pela make gráfica, de tons vibrantes, aproveitou a oportunidade de um trabalho mais autoral. “É muito mais divertido ganhar liberdade, criar estas ideias de beleza conceituais. Nos ajuda a pensar fora da caixa!”, contou no backstage enquanto tingia as sobrancelhas (e imediações) de uma das modelos de pink. Em alta saturação, as cores também ia para as pálpebras, com composição de traços que dialogasse com a inspiração cinética (e os efeitos especiais) da passarela.

Foto: Serichai Traipoom/Divulgação

A maquiadora entregou à Traum o roteiro de produtos para chegar ao resultado do clique, todos da M.A.C. Cosmetics: as cores são das Acrylic Paints (parte da linha M.A.C. Pro) para o efeito de tinta acrílica bem forte (mas própria para o rosto, claro). Nas pálpebras, ela levava os tons para um delineador em gel, para maior precisão. O resto da pele dava suporte aos traços com mix da base Studiosculpt e o Prep + Prime Natural Radiance, conferindo um rosto suavizado, mas com um leve brilho para denotar ação. Nos lábios, cartela marcante de alaranjados e pêssego, ajustados conforme os diferentes tons de pele do casting. Make (de) show!

25-05-20160212_chromat_fw16-1531

Foto: Thomas Concordia/Getty Images para Chromat